quinta-feira, 26 de março de 2009

Usando mapeamentos locais

:map <script> ...
faz o mapeamento ser local do script. Isso é útil para evitar que mapeamentos do lado de fora do script interfiram, porém ele usará mapeamentos feitos dentro do script.
Como :map <script> e :noremap <script> são iguais neste caso é preferível usar :remap pois é o que ocorre e se torna claro.

:map <buffer> ...
faz o mapeamento ser local do buffer. Os mapeamentos locais de buffer sobrepõe os mapeamentos globais.

0 comentários:

Postar um comentário